O DEMÔNIO DA SIMPLICIDADE

O DEMÔNIO DA SIMPLICIDADE

CIÊNCIAS COGNITIVAS SOBRE CONHECIMENTO HUMANO E INTEGRAÇÃO SOCIAL

O DEMÔNIO DA SIMPLICIDADE

CIÊNCIAS COGNITIVAS SOBRE CONHECIMENTO HUMANO E INTEGRAÇÃO SOCIAL

O DEMÔNIO DA SIMPLICIDADE

CIÊNCIAS COGNITIVAS SOBRE CONHECIMENTO HUMANO E INTEGRAÇÃO SOCIAL

66.Quem é o mais belo

66. Quem é o mais belo
Tema parcial publicado para o debate.

O que é belo aos nossos olhos é tão relativo quanto a variedade de tantas quantas coisas vivas ou materiais existem no universo.

Contudo, a nossa mente está preparada para reconhecer as mínimas diferenças de dimensão, cor, textura e mesmo os mínimos detalhes nos outros indivíduos, principalmente no rosto. Por pequenas diferenças plásticas conseguimos identificar uma pessoa no meio de tantas outras. Conseguimos determinar uma diferença entre raças. E, qual pessoa nos é mais bonita e, qual nos é mais feia, mesmo que as medidas das diferenças sejam bem pequenas.

Esta análise visual é um processo mental bastante complexo e envolve uma grande quantidade de informações. Os dados visuais são os mais rápidos de serem analisados e por isto são mais decisivos e, mais “enganosos”.

O objetivo da nossa espécie ter uma grande capacidade de detectar as mínimas diferenças é para analisar se aceitamos a parceria para a reprodução ou, para pertencer ao grupo. O que não aceitamos, pode ser descartado ou destruído. Esta função mental permitiu a nossa espécie se

Posts Recentes

0
Would love your thoughts, please comment.x
()
x